Afficher le menu
Information and comments (0)
<<   1, 2, 3, ..., 7, 8, 9   >   >>

Info:
Unfortunately no additional information has been added for this RP.

Hotel das Tágides

Luis_vaz

O sol brilha na povoação de Lisboa e a população reúne-se frente ao edifício de pedra para a sua inauguração. Na tabuleta elegantemente decorada com talha dourada pode ler-se "Hotel das Tágides" em letras grandes. A porta abre-se e dela surge Luiz Vaz, proprietário e gerente do Hotel que abrindo os braços saúda o povo dizendo:

Sejam bem-vindos ao Hotel das Tágides, o novo estabelecimento de nossa amada Lisboa! As portas estão abertas a todos, entrem e visitem nosso espaço... - diz sorrindo e convidando com um gesto de mão a população a entrar no Hotel.

Vendo a multidão entrar, posiciona-se na entrada frente à placa em que se lê a invocação que deu nome ao Hotel:


Sorrindo gentilmente a todos os presentes, Luiz Vaz diz aclarando a voz:

O nosso Hotel está a partir de agora aberto a todos os que connosco desejem hospedar-se. Os preços, garanto-vos, são os mais baixos de todo o Condado e nossos serviçais tudo farão para lhes proporcionar uma estadia confortável. Estarei ao vosso dispor sempre que precisarem!

Dito isto, dirige-se ao balcão aguardando pelas reservas dos visitantes enquanto os curiosos inspecionam o edifício...
_________________
Mateus_ecker


Mateus que estava a viajar por Lisboa, procura um bom local para passar suas noites, nisso avistou o Hotel das Tagides, e foi sua direção.

Ao chegar mais proximo, andentra e procura o Gerente do Hotel Luis Vaz

-Bom Dia, meu nome é Mateus Ecker da Figueira, sou de Avis, estou viajando aqui em Lisboa, e estou a procura de um local para passar a noite, gostaria que em mostrase o Hotel. - Disse Mateus para Luis Vas

_________________
Luis_vaz


Luiz Vaz levanta-se encantado ao ver um visitante aproximar-se do balcão. Abre um sorriso ao ouvir as palavras do mesmo e responde-lhe sorrindo sempre:

Seja bemvindo ao Hotel das Tágides! Será uma honra para nós receber um militar reconhecido do exército de sua Magestade! Temos variadissimos quartos disponiveis..se me acompanhar terei muito gosto em mostrar-lhos...

Luis Vaz levanta-se e faz sinal a Mateus para que o siga. Sobem a escadaria imponente e caminham pelo corredor ricamente decorado parando frente a uma porta branca. Abre a porta com sua chave mestra e entra no quarto seguido por Mateus que olha em volta inspeccionando a divisão.




Agrada-lhe o quarto? Se preferir, temos outros disponiveis tambem...


_____________________
Mateus_ecker



Enquanto observa o quarto, Mateus sorri discretamente e diz:

-Adorei, esté é perfeito, quero reserva-lo para mim, irei ficar aqui em Lisboa por tempo indeterminado, por tanto não tenho previsão para quando irei desocupar o Hotel, Qual seria o preço diario deste belo quarto ?

_________________
Mateus_ecker
OPS, postei duas vezes a mesma coisa sem querer

_________________
Luis_vaz


O Gerente sorri de satisfação ao ver a reação de seu novo inquilino:

O preço diário pelo quarto são 1,50 cruzados. Pretende reservar?


________________
Mateus_ecker


-Sim pretendo - Disse o Mateus para Luis vas - E aqui está 1,50CZ da noite de hoje

Mateus desembolsa o dinheiro e entrega a luis.

-Conforme vai passando as noite eu vou ir pagando 1,50CZ antessipado, agora vou buscar minhas coisas e me instalar no quarto.

_________________
Luis_vaz


Com certeza! Agradecido pela seriedade. Vou deixar instalar-se... se necessitar de algo, estarei no balcão, sempre à sua disposição!


__________________
Nefertarii


Nefer, tal como os outros, estava a observar a inauguração daquele imponente edificio quando vê sair um tipo bonacheirão que se apresenta como o gerente do espaço.
Sobe ao salão com os restantes pensando que, visto que se encontra em Lisboa, será bom dormir num sitio confortável.
Ao subir a escadaria tropeça no seu vestido preto e alguem lhe estende uma mão. Verifica que é o gerente do hotel e agradeçe-lhe a simpatia.
Dirige-se à recepção para reservar um quarto para a sua estadia.

- Caro senhor, o meu nome é Nefertarii Monte Cristo mas basta que me chame Nefer. Estou de passagem por Lisboa e gostaria de puder passar o resto das noites aqui. Será possivel?

_________________
Luis_vaz


Luiz Vaz ajuda uma desconhecida a levantar ao ve-la tropeçar no vestido. Sorri-lhe e com agrado verifica que o segue até à recepção para alugar um quarto.

Carissima Dama Nefer, será um prazer hospedá-la. Presumo por suas vestes que é Templária, estou correto? Temos quartos especiais para Templários, com espaço para que guardem suas armas em segurança... Queira seguir-me por favor...


Luis faz sinal à Dama para que o acompanhe pelo corredor, sobem as escadas até ao segundo andar e param frente a uma porta encarnada. Luis abre a porta e permite que Nefer entre para explorar o quarto.

Aqui estamos senhora, espero que seja do seu agrado...


__________________________
Nefertarii


Nefer sobe a escadaria com o gerente até aquele que será a seu quarto durante a estadia.
Chegam junto de uma grande porta encarnada. Luiz Vaz abre a porta a Nefer e esta entra num vastissimo mas sumptuoso quarto que lhe agrada de imediato.

- Obrigado caro Luiz, é sim do meu agrado e agradeço-lhe a atenção pelos minhas vestes templárias pois terei local onde guardar o meu manto e armas.

Nefer despede-se de Luiz com um sorriso e prepara-se para um banho bem merecido depois de uns dias passados na poeira do caminho.

_________________
Mateus_ecker


Mateus percebe que outro inquilino chegou ao hotel, então discretamente vai em direção ao quarto de Nefer e bate na porta afim de dar as boas vindas.

-Ola, tem alguem ai ?.

_________________
Falcaoazul


Cansado de dormir na locanda da cidade, Falcao e Anya resolvem ir ver un quarto melhor no Hotel .
Chegando al balcao nao ve o atendente e prova chamar tocando o sino e aguarda que apareça alguem.
Depois fala com a noiva..
--E melhor sentar minha querida, isto pode levar tempo .

_________________
Micae


Micae passava frente ao Hotel quando vê Falcao e Anya entrar carregados de malas. Sorrindo de contente por o Hotel estar finalmente a funcionar e já com hóspedes, segue o seu caminho até à Casa do Povo cantarolando para si mesma.

_________________
Luis_vaz


Luiz deixa a Dama Nefer em seu quarto e está ainda a meio do corredor quando ouve o sino tocar. Meu Jah- pensa para consigo- o negócio vai de vento em popa!. Apressa-se a descer as escadas e chegando perto de um casal que ainda não conhece, diz-lhes com um sorriso:

Boa tarde caríssimos! Sejam bemvindos ao Hotel das Tágides! Em que posso ajudá-los?

__________________
See the RP information <<   1, 2, 3, ..., 7, 8, 9   >   >>
Copyright © JDWorks, Corbeaunoir & Elissa Ka | Update notes | Support us | 2008 - 2020
Special thanks to our amazing translators : Dunpeal (EN, PT), Eriti (IT), Azureus (FI)