Afficher le menu
Information and comments (0)

Info:
Unfortunately no additional information has been added for this RP.

[RP Fechado] Pedras que rolam - As crônicas da IOM

Beatrix_algrave


O gabinete da IOM ficava ali, entre o gabinete do Conde e do Condestável de Coimbra. Era uma sala simples, mas agradável, embelezada pela presença de um tapete de tons terrosos sobre o chão e cortinas seguindo a mesma paleta de cores. A mesa de madeira era ladeada por dois armários de documentos e relatórios. Havia um grande mapa com a localização das minas pregado na parede à esquerda. Em dos armários havia também alguns livros. O mais perto que Beatrix havia chegado da mineralogia, eram os metais dos brasões e aqueles que carregavam suas tintas de tons firmes e vibrantes. Já acompanhara algumas construções e reformas quando trabalhara na Heráldica e principalmente quando estivera Comandante Local do ERP de Montemor. Mas ali as pedras já estavam retiradas, devidamente cortadas e empilhadas em meio ao caos e à poeira. Definitivamente não era a mesma coisa.

Antes mesmo de receber sua nomeação entregou-se a dias de extensos estudos. Não, ela definitivamente não era especialista. Teria muito que aprender, e fez visitas aos seus antecessores, e tirou dúvidas com meia dúzia de pessoas que se dispuseram a ajudá-la. As dúvidas eram muitas, mas ela estava ali para aprender. Era jovem, cheia de vontade de aprender, e considerava-se determinada.

No primeiro dia em seu gabinete, ela logo entendeu que aquela sala a veria pouco. Seu trabalho seria algo mais "ao campo".

Uma mina sofrera por conta da guerra, que não permitira que ela sofresse os devidos reparos a tempo. Agora que a região estava fora de perigo, ela precisaria deslocar-se até lá e tomar as providências para que a Mina recuperasse suas condições plenas e fosse reparada. Felizmente não houvera mortos. Era apenas o que era adiantado na mensagem que recebera da Conselheira Franccesca.

As duas partiriam sem demora, e Beatrix foi ao gabinete da Tesoureira para informar-se dos detalhes da viagem e de que recursos iria dispôr para as obras.


Esse é realmente um espaço de RP, pensado para relatar um pouco da experiência que estou vivenciando como IOM no Conselho de Coimbra. Não é espaço para discussões públicas, debates e afins. Se alguém desejar participar entre em contato primeiro comigo.

_________________
Fitzwilliamdarcy


Ao sair do seu gabinete o Sr. Fitz deu dois passos no corredor e lembrou que logo ali era o gabinete da Dama Beatrix, a nova Intendente de Obras e Minas de Coimbra. Ele então foi até a porta e bateu suavemente.

Assim que bateu ajeitou um pouco a roupa e esperou em frente a porta.

_________________
Beatrix_algrave


Beatrix já se preparara para ir até o gabinete da tesoureira, quando ouviu batidas em sua porta. Ela já estava praticamente com a mão na maçaneta e girou-a, abrindo.

Teve a agradável surpresa em ver que era o condestável, Fitzwilliam, o mais charmoso e atraente condestável que Coimbra já tivera, ao menos aos seus olhos. Ela sorriu, agraciada com a boa surpresa.

- Senhor Condestável, em que posso ajudá-lo?

Ela disse sorridente, indicando a ele que entrasse.



_________________
Fitzwilliamdarcy


Ao ver a Dama Beatrix ele sorriu e fazendo uma vênia adentrou o gabinete da nova Intendente de Obras e Minas de Coimbra.

- Eu... apenas vim cumprimenta-la...

Ele sorriu.

- Como sempre estas linda e agradabilíssima aos olhos.

_________________
Beatrix_algrave


- Agradeço o cumprimento, meu querido. É sempre um prazer revê-lo.

Ela disse e beijou o rosto de Fitzwilliam assim que fechou a porta.

- Eu ia ao gabinete da tesoureira falar com ela, pois vou ter que vistoriar uma mina. A sua visita além de agradável, pode também me ajudar. Lembra daqueles elmos que você estava fazendo na sua oficina? Teria como adaptar um para mim? Vou certamente precisar de algo para proteger a cabeça durante a vistoria.

Ela comentou e sorriu. Ao menos diante daquele assunto, ela teria uma bela desculpa para desfrutar um pouco mais da companhia do seu amado.


_________________
Fitzwilliamdarcy


Ele sorriu quando recebeu o carinho de Bea.

- Creio que sim, podemos fazer. Só preciso de mais detalhes.

- Então tu pretendes visitar as minas. É realmente necessário? Não é perigoso, querida?


Ele falou com preocupação, pois sabia que sempre haviam riscos.

_________________
Beatrix_algrave


- Riscos sempre haverão meu querido, ainda mais em me deslocar nesse período tão conturbado, mas é preciso que seja feito. Tomarei cuidado e pedirei que alguns cavaleiros da FAC me acompanhem. A mina precisa ser reparada e estar em condições de receber mineiros em segurança e produzir para atender as necessidade do Condado.

Ela disse e sorriu, segurando carinhosamente nas mãos de Fitz, achando muito doce e gentil a preocupação dele com sua segurança.

_________________
Fitzwilliamdarcy


Ele procurou descansar quanto a isso mas não poderia deixar de sentir preocupação.

- Eu entendo, mas tenhas cuidado, acho essas minas muito inconstantes, ainda mais com os acontecimentos recentes. E de fato seria mui importante que os cavaleiros da FAC estivessem contigo para proteção...

Ele fazia carinho nos dedinhos de Beatrix como costumava sempre fazer.

_________________
Beatrix_algrave


- E você, tem trabalhado bastante também. Soube que tem escrito muitas cartas. Se precisar de ajuda, estou sempre aqui ao lado.

Ela sorri, recebendo os carinhos.

- Você acha que a tesoureira se importaria de esperar um pouco mais?

Ela diz estendendo os braços em volta do pescoço de Fitz e encarando-o com um sorriso.

- Afinal, não é sempre que a IOM recebe um condestável tão charmoso em seu gabinete.

Ela disse e fez carinhos na nuca e no rosto de Fitz e beijou-lhe o queixo.

_________________
Fitzwilliamdarcy


O Sr. Fitz observa Bea com a mesma paixão que sentiu a primeira vez que conversaram. Ele olhava para os seus olhos e para sua boca e não poderia deixar de a cada sílaba que saía da boca de Beatrix apaixonar-se ainda mais.

- Ora querida, eu sei que tens muitos afazeres, entretanto se eu necessitar de uma ajuda de certo que eu procurarei a ti.

Continua acariciar seu amor.

- hmm... realmente não sei [risos], talvez sim, talvez não.

Sorria o Sr. Fitz e abraçando Bea ele também a encarava sorridente.

- hmm... Amo-te querida.

Ao receber os carinhos e beijos de Beatrix ele beijou a mão da Dama e ajeitou seus cabelos tão ruivos e de um perfume que Fitz jamais havia sentido e sabia que jamais sentiria fosse por Portugal ou pelo mundo afora.

- A Srtª gostaria de jantar comigo esta noite?

_________________
Beatrix_algrave


Beatrix continua fazendo carinhos em Fitz enquanto ouve suas palavras. É mesmo uma pena ter de deixá-lo, mas seus afazeres lhe chamam.

Diante do convite, a ruiva sorriu e respondeu.

- Eu também te amo, meu querido, e creio que vai ser muito agradável jantar com você. Vou ficar ansiosa esperando-o até a noite.

Ela comenta enquanto ele beija-lhe a mão.

- Fique bem meu querido, e até breve.

Ela disse despedindo-se e beijou-lhe o rosto, em um local bem próximo aos lábios dele.


_________________
Fitzwilliamdarcy


O Sr. Fitz ficou feliz por Bea ter aceito seu pedido. Não que fosse algo excepcional, pois sempre jantavam juntos, contudo o condestável gostava de surpreender a nova IOM, sempre que possível.

Ele recebeu sua despedida e também despediu-se dela. Logo após ela beijar-lhe o canto da boca e a beijou nos lábios rapidamente como se roubasse um beijo dela.

- Até logo querida, tenha cuidado, eu vou indo também, tenho cartas e relatórios a me esperar.

Ele então após mais uma vez demonstrar seu carinho com um beijo na testa de Bea, faz uma vênia e a deixa.

_________________
Beatrix_algrave


Beatrix sorriu quando Fitz roubou-lhe um beijo. Ela acompahou-o com o olhar, sempre sorridente até a porta, despedindo-se dele por fim.

Era sempre bom estar com Fitz e aquela visita surpresa deixaria seu dia alegre até revê-lo ao anoitecer.

Beatrix já havia trancado a porta, quando lembrou-se que devia deixar o gabinete e ir procurar a Tesoureira Fraccesca conforme havia planejado.

Retomando suas atividades diárias, ela deixou seu gabinete e foi bater ao gabinete da Tesoureira, que já devia estar aguardando por ela.


_________________
See the RP information
Copyright © JDWorks, Corbeaunoir & Elissa Ka | Update notes | Support us | 2008 - 2020
Special thanks to our amazing translators : Dunpeal (EN, PT), Eriti (IT), Azureus (FI)