Afficher le menu
Information and comments (0)
<<   1, 2, 3, 4   >   >>

Info:
Unfortunately no additional information has been added for this RP.

[RP] Casamento de Fitzwilliam Henriques e Beatrix Nunes

Capeside69


Está um belo dia na povoação de Alcobaça e os sinos da igreja começam a tocar, anunciando o matrimónio prestes a realizar-se.





Neste belo dia uma enorme concentração de convidados e curiosos aguardam no adro da igreja, esperando pela abertura das portas da casa de Jah.

Hoje Fitzwilliam Darcy Spada Marques Henriques (Fitzwilliamdarcy) e Beatrix Algrave Nunes (Beatrix_algrave), após um longo período de noivado, vão unir os seus destinos, entregando-se um ao outro com a bênção divina.

Capeside encontra-se na sacristia a ultimar os preparativos finais para a realização da cerimónia. Solicita ao sacristão que abra as portas da Igreja, para que todos possam tomar os seus lugares e serem testemunhas desta união. Com isto o Diácono termina calmamente a colocação das vestes litúrgicas.


-----------------------------------------------


Citation:
Dá-se algum tempo para que os convidados e outros populares se possam instalar para a cerimónia...incluindo os padrinhos e noivos... MÍNIMO DE 2 PESSOAS

_________________
_rafael


Rafael tinha sido dispensado e não iria ajudar o seu senhor na realização deste casamento e por isso poderia assistir junto dos outros convidados.
Entra na igreja e decide procurar um lugar para se sentar. Ao ver o olhar de algumas damas sorri e acena para elas.

_________________
William_algrave


William fizera um esforço enorme para retornar a tempo do Porto e presenciar a cerimônia de casamento de sua querida irmã mais nova. Ele chegara naquela madrugada, descansara apenas um pouco e preparara-se para fazer boa figura no casamento da irmã uma vez que seria ele que conduziria a noiva. Ele se dirigira cedo a igreja e ali a esperaria. De vez em quando ele iria a porta para ver se a noiva chegara. Mas ainda era muito cedo.

William não recordava mais qual havia sido a última vez em que ele entrar em uma igreja Aristotélica. Assim como Atília, ele seguia uma outra fé, a mesma de seus pais, contudo ele respeitava a escolha da irmã e ela fazia o mesmo quanto a ele.

Ele notou que a igreja estava decorada com simplicidade e ao mesmo tempo a beleza que a cerimônia exigia. Aquela não fora pensada como uma cerimônia opulenta para muitos convidados. Era uma cerimônia simples e mais reservada apenas para a família e amigos mais próximos.

Era de fato uma pena que Theodore não pudesse estar ali para presenciar o casamento da filha. Ele teria certamente ficado muito feliz em conduzi-la aos braços do noivo, um rapaz sério e muito honesto. Independente de títulos e posses o mais importante era que a irmã escolhera bem e ele em sua alma pedia ao deus dela e aos seus deuses e deusas que ela fosse feliz.

O aspecto da igreja estava bastante agradável em sua simplicidade. Laurinda, Clotilde e Atília haviam disposto alguns buques e vasos de flores. As calêndulas com suas pétalas em tons de amarelo e laranja ornamentavam alegremente o espaço próximo ao altar, e algumas foram dispostas nos bancos da igreja, arrematadas com fitas de seda e renda. Aquela era uma flor que apresentava sua graciosidade mesmo no frio invernal, era forte e resistente as mudanças de clima e facilmente adaptável. Nos vasos, alguns sachês de perfume de flor de laranjeira deixavam o um cheiro muito agradável no ar. Era o perfume favorito de Beatrix.

William observou aquilo por um instante e aproximou-se do religioso que celebraria a cerimônia e cumprimentou-o com uma vênia. Ainda não havia sinal dos Henriques ou mesmo do noivo, William era assim, o primeiro familiar a chegar.
Samueljst


Samuel apronta-se para o casamento do irmão mais novo com sua querida futura cunhada. Esperou há tanto tempo, mas finalmente chegou o dia.
Após tudo pronto, caminhou até a Igreja de Alcobaça para acompanhar a cerimônia.
Chegando na Igreja, entra pela porta lateral, benze-se e caminha até os primeiros bancos aguardando o início da cerimônia.

_________________
Kub
Kub entra na igreja emocionado com o casamento do irmão caçula. Se ajoelha e reza em silêncio. Após, de forma discreta, procura pela presença do noivo.

Ao ver seu outro irmão, Samuel, se aproxima e o abraça.
- Oi mano. Como está? Um dia feliz hoje.
_________________
Kub Cabelo Azul

"Levantar e levantar novamente
até cordeiros virarem leões."
Moritz
Moritz chega com sua esposa Rhyannon na igreja. Algumas pessoas encontravam-se presentes. Cumprimentam cordialmente todos os presentes. Buscam um lugar e sentam-se .
_________________

Io no falare espanhol e nem italiano, no. Io falare portunholiano!
Fitzwilliamdarcy


O Sr. Fitzwilliam acordara, naquele dia ensolarado, feliz e assustado. Era um grande momento, mudaria sua vida. Ele abriu os olhos quase que ao mesmo tempo da boca dizer: "...hoje me casarei!".

Ele não poderia estar mais contente e satisfeito pois finalmente teria Beatrix, de fato, como sua mulher. A mulher a quem ele tanto amava e desejava, por quem se apaixonara e a cada dia mais amava. Para alegria de sua família e tristeza de alguns jovens senhores.

Sr. Darcy era muito agradecido ao Sr. William que permitira o casamento. Com a bênção da família de Beatrix o sr. Fitz sentia-se confortável e tranquilo.

Após vestir-se e preparar-se como deveria ele partiu em sua carruagem para a igreja de Alcobaça. Como sempre ia o mais rápido possível. Chegando a igreja desceu alegremente do transporte e agradeceu a presenças dos convidados. Cumprimentou a todos em especial seus irmãos, os quais deu-lhes um forte abraço e mais algumas palavras de carinho fraternal. Cumprimentou também ao sr. Capeside agradecendo o esforço pelo evento.

Ele então sentou-se no banco para fazer algumas preces e por fim levantou dirigindo-se ao seu lugar. Fitz estava nervoso e suas mãos suavam um pouco. Ele sentia seu coração acelerar e ao mesmo tempo uma felicidade que não continha em si mesmo, acabava por sorrir, sorrisos genuínos de extrema alegria e ansiedade.


_________________
Marih


Marih chega a igreja para o casamento da sua grande amiga Bia, estava feliz por eles e isso notava-se em seu semblante. Ao entrar na igreja,ela cumprimenta alguns e senta-se. Marih olha atentamente a decoração e sorri lembrando claramente da sua ultima entrada em uma catedral. lembra-se da reação das pessoas, quando ela e mais um grupo tiraram a noiva do altar. Marih não consegue deixar de sorrir e pensa que ainda bem que dessa vez veio ser testemunha..

_________________
Capeside69


Capeside enquanto a cerimónia não começa aproveita para cumprimentar os presentes.
Volta à sacristia e verifica se esta tudo em ordem.

_________________
William_algrave


William estava aguardando na porta pela chegada de Beatrix. Esperava que a irmã não fosse atrasar-se muito, pois os convidados já estava aguardando. Ele cumprimentara todos os que chegaram até o momento. Ao ver Fitz, abraçou o futuro cunhado. Ele parecia bastante calmo ainda que manifestasse ansiedade como era natural na situação.

William ficou ali por meia-hora, e já começava a ficar impaciente, quando avistou a carruagem que ele havia reservado para Beatrix. Ao lado do cocheiro estava André, ajudando a conduzir. André desceu e foi abrir a porta para Beatrix que desceu em seu vestido de noiva, carregando o buquê em uma das mãos.

William foi até ela.

- Que bom que chegou. Já estava ficando preocupado. Todos estão esperando ansiosos. Afinal, temos noivas fujonas na família, mas tinha certeza que não era o seu caso. Você está linda, minha irmã.

Ele disse e ofereceu o braço a Beatrix para entrarem na igreja.
Beatrix_algrave


Ao descer da carruagem e ser recebida por William, Beatrix sorriu tranquila. A brincadeira do irmão dissipou um pouco a ansiedade que ela sentia. Apesar de calma durante a maior parte da manhã, agora ela se sentia um pouco tensa, ansiosa, mas o sorriso do irmão a encheu de coragem.

Seu vestido era de um tom de branco gelo, com bordados de prata que o faziam parecer cinza claro. Nos cabelos o véu e uma coroa de flores de um branco diáfano que combinavam com o tom brilhante das flores brancas do buquê que a noiva levava entre as mãos.

Ela tomou o braço que ele ofereceu e ambos se prepararam para entrar na igreja.

_________________
Marih


Marih olha para trás e vê que a noiva chegara, ela olha deslumbrada para o vestido da noiva e de repente bate em Marih uma vontade enorme de casar ..

_________________
Capeside69


Saindo da sacristia, encaminha-se de seguida aos fiéis que o olham com alegria. Aproxima-se do altar e inclina-se perante a cruz de Christos. Descendo um pouco vai saudar a estátua de Aristóteles. Virando-se então para os fieis presentes na Igreja, Capeside dirige-se ao noivo Fitzwilliam Henriques, cumprimentando-o e aguarda a entrada da noiva.

Vendo a entrada da noiva Beatrix Nunes, de braço dado com o seu irmão, dá indicação aos músicos para iniciarem a Marcha Nupcial.


-----------------------------------------------

Citation:

_________________
William_algrave


Quando a marcha nupcial começou, William conduziu a noiva do espaço da porta até diante do altar. Durante o trajeto, Clotilde ia logo atrás com sua cesta jogando rosas sobre o chão após a passagem da noiva. André um pouco envergonhado acompanhava a prima, carregando as alianças em uma caixa forrada com veludo negro.

Quando chegou diante de Fitz, William ofereceu a ele a mão da noiva, entregando-a a ele, em um gesto simbólico, sorrindo para Fitz.

O irmão de Beatrix apenas sorriu e a noiva tomou o braço do noivo, que lhe era oferecido. Assim, juntos, aproximaram-se do altar.
Beatrix_algrave


Beatrix apesar de um pouco nervosa, sorria, muito feliz com o momento. Ela caminhou ao lado do irmão querido, que sempre lhe fora mais pai que o próprio pai. Ela estava radiante de felicidade. E quando entregue a Fitz, sorriu ao seu amado e tomou-lhe o braço. Aguardou então que o diácono prosseguisse com a cerimonia.

_________________
See the RP information <<   1, 2, 3, 4   >   >>
Copyright © JDWorks, Corbeaunoir & Elissa Ka | Update notes | Support us | 2008 - 2020
Special thanks to our amazing translators : Dunpeal (EN, PT), Eriti (IT), Azureus (FI)