Afficher le menu
Information and comments (0)

Info:
Unfortunately no additional information has been added for this RP.

[RP] Batismo de Filipa.

Nicollielo


Está um belo dia na povoação de Chaves e os sinos da Paróquia começam a tocar, anunciando o Baptismo que se irá realizar.




O Reverendo Nicollielo chega da sacristia e abeira-se do altar onde se prepara para iniciar o sacramento do baptismo de Filipa de Lencastre (Filipa.), que será apadrinhado por NReis Ribeiro de Sousa Coutinho .

Quote:
Dá-se algum tempo para que os convidados e outros populares se possam instalar para a cerimónia,incluindo o baptizando... MÍNIMO DE 2 PESSOAS

_________________
Senescal Diocesano da Arquidiocese de Braga | Alcaide-mor de Chaves | Padre de Chaves |Secretário Lusófono dos Registos Romanos | Capelão da Capela de São Karel | Assistente de Planeamento de Chaves | Mentor-chefe de Chaves
Dunlop


Dunlop dirige-se à igreja para assistir ao batismo que estava prestes a acontecer. Ao entrar repara que se ainda ninguém tinha chegado e dirige-se ao Padre Nicollielo cumprimentando-o. De seguida senta-se à espera que a cerimónia comece.
Nreis


O padrinho entra na Igreja antes da cerimónia começar, muito feliz por aquela que iria ser a sua 3ª afilhada. Há muito tempo que o Arcebispo de Braga não recebia um convite para apadrinhar alguém e ficara deveras contente e surpreendido pelo pedido.

Vê então os seus amigos Nicollielo e Dunlop, que já lá se encontravam e cumprimenta-os, antes de se sentar.

_________________
Beatrix_algrave


Como estava em Chaves naquele dia, ao saber que haveria um batismo na cidade, resolveu assistir à cerimônia.

Estava ali para confessar-se com o padre Nicollielo e também se possível fazer novos rascunhos para a sua pintura. Sua permanência seria rápida mas proveitosa. Assim, ela acordou cedo naquela manhã, fez uma visita ao mercado e comprou um belo buquê de rosas brancas, ao saber que a baptizanda seria uma jovem de nome Filipa.

Ela cumprimentou o padre Nicollielo, Dom Dunlop e o Arcebispo com uma vênia discreta e foi fazer algumas preces pela baptizanda, para que o Altíssimo abençoasse em seus caminhos.

A arquidiaconiza tinha presenciado muitas cerimónias ultimamente entre batismos e ordenações. Isso a deixava imensamente feliz, pois era sinal que a igreja estava ativa e se fortalecendo no coração dos fiéis portugueses..

_________________
Filipa.


Filipa entra na igreja e olha os presentes. Um pouco acanhada dirige-se a passos largos para a beira do seu padrinho.

Chegando a sua beira ajoelhou-se e sussurrou: - Padrinho podeis me ensinar o credo? Voltou a olhar rapidamente para o chão com ar envergonhado

_________________
Pedro24
O jovem Pedro chega pra ver batismo sua amiga e cumprimenta a todos e vai para lugar
Kriger.ulv


Kriger chega á igreja ja um pouco atrasado.
Desmonta do seu cavalo e ajeita a sua capa.Entra na igreja e cumprimenta os presentes e senta-se junto do seu irmao.

_________________
Nreis


NReis chega-se perto da afilhada e diz-lhe:

- Não te preocupes, afilhada. Eu tenho aqui um pergaminho com o Credo que podemos ir lendo baixinho antes do batismo começar - o Arcebispo retira do seu manto um pergaminho com o Credo, que mostra à afilhada.

_________________
Nicollielo


Os convidados levantam-se.

O Reverendo chama então a atenção dos presentes.


Caros fieis! Estamos hoje aqui reunidos para ministrar o sagrado sacramento do baptismo de Filipa de Lencastre. Com o sacramento do baptismo o crente junta-se à grande família de Jah, tornando-se irmão dos demais fieis, no espírito da amizade aristotélica. Abandona o mundo meramente material e inicia a viagem para o mundo das Ideias, iluminado pelos ensinamentos de Aristóteles, e entreabrindo as portas do Paraíso, pelo poder da sua Fé.

Nicollielo chegou-se à Pia Baptismal e pede a Filipa e ao padrinho que fizesse o mesmo.

NReis Ribeiro de Sousa Coutinho, deseja ser testemunha desta cerimónia, perante Jah, os profetas e os santos e juram pela sanidade desta pobre alma?

_________________
Senescal Diocesano da Arquidiocese de Braga | Alcaide-mor de Chaves | Padre de Chaves |Secretário Lusófono dos Registos Romanos | Capelão da Capela de São Karel | Assistente de Planeamento de Chaves | Mentor-chefe de Chaves
Nreis


Ao ouvir as palavras de Nicollielo, NReis chegou-se junto da Pia Batismal com a sua afilhada e proferiu:

- Sim, eu desejo ser testemunha desta ovelha!

_________________
Nicollielo


Então o Padre iniciou o sermão do Baptismo lendo um excerto da obra “Ética de Nicomaque”:


Quote:
A amizade é a coisa mais necessária para viver. Porque sem amigos, ninguém escolheria viver, mesmo tendo todos os outros bens. É na pobreza assim como na desgraça, os homens pensam que os amigos são o único refúgio. A amizade também é um auxílio para os jovens porque lhes guarda do erro; para os velhos, lhes afiança os cuidados e a ajuda que sua falta de actividade e fraqueza trazem consigo; e para aqueles que estão na sua idade culminante, lhes incentiva a professar acções nobres, porque se torna mais capaz para pensar e actuar.



- Que a palavra de Aristóteles te guie e a revelação te ilumine!




Code:
[rp][b]Amén.[/b][/rp]

_________________
Senescal Diocesano da Arquidiocese de Braga | Alcaide-mor de Chaves | Padre de Chaves |Secretário Lusófono dos Registos Romanos | Capelão da Capela de São Karel | Assistente de Planeamento de Chaves | Mentor-chefe de Chaves
See the RP information
Copyright © JDWorks, Corbeaunoir & Elissa Ka | Update notes | Support us | 2008 - 2020
Special thanks to our amazing translators : Dunpeal (EN, PT), Eriti (IT), Azureus (FI)