Afficher le menu
Information and comments (0)
<<   1, 2, 3, 4, 5, 6   >   >>

Info:
Unfortunately no additional information has been added for this RP.

[RP] Instintos Cruéis

Lady_moon
O interior da Igreja a reconfortava de uma forma assustadora, o austero a relembrava do castelo onde vivera as suas primeiras 16 primaveras, os seus pensamentos remetiam para os seus próximos atos, perguntava a si mesma se haveria salvação, se a sua alma teria salvação tendo em conta que a sua alma fora corrompida desde da sua primeira respiração...

O seu olhar fixara no altar enquanto se sentava no banco habitual quando desejava ficar sozinha ou quando procurava estar com ele, provavelmente era esse o fator principal para reviver aquele momento, Nicole sabia que a ilusão desvanecera da sua mente...mas no seu coração…
Sentira alguém ao seu lado, não era apenas alguém, aquele era o seu novo aliado e a sua perdição.


-Porque cá?-Olhou de lado para ele.-Existem diversas cidades neste reino mesquinho...porquê o Porto Adrian?

-Ao contrário de meu pai, eu não sinto medo nem receio de destruir esses Azure…-Nicole permitiu-se observá-lo, encontrou os mesmos olhos característicos, estes a analisavam da mesma forma, a curiosidade e tensão surgia em redor dos dois Casterwill.

-Desejais a morte? Nunca vos considerei um homem impulsivo e incoerente. Estais em território inimigo.

-Tal como vós my dear*, mas mesmo assim estás viva, e com novidades para me contar.

Nicole encarou o Adrian, quantas vezes se perguntara como era possível Adrian ser o bastardo, e o covarde de seu pai ser o filho legítimo.

-Além do que a tua amante possa ter contado, nada mais tenho a contar. Não vos farei perder tempo.-Desviou o olhar para o altar.-Temo que esteja tudo preparado para o meu próximo passo, mas para isso preciso da vossa palavra de como me ajudará contra a megera e que nada fará à bastarda do meu pai...
_________________

This character is INACTIVE.Please, do not sent any Pm.
Adrian.casterwill
Distraidamente comparava o comportamento dos seus irmãos com o da sua sobrinha enquanto se dirigia para o seu destino, para ele todos os seus irmãos não serviam para a liderança, Vaughn e Derek eram boêmios e fracos, Rebecca era uma incógnita, uma raridade naquele clã, exalava bondade e inocência.
Sendo Adrian não poderia tomar o lugar do seu pai publicamente, seria uma afronta para os seus aliados, após o nascimento da herdeira de Vaughn trouxera esperança para o seu pai William, quando este anunciara a sua decisão, Adrian decidira esperar antes que tomasse uma ação contra a pequena herdeira.

A recém nascida tornara-se uma criança desobediente e agradável aos olhos daqueles que prestavam serviço dos Casterwill, eles a viam como um deles, tal como outrora viam Adrian, a protegiam de seus próprio sangue principalmente Arnold, um estrangeiro enviado pelo inimigo.
Adrian apenas tinha duas opções, assassiná-la ou usá-la ao seu favor, a segunda opção tornara-se apelativa para ele, a criança tornava-se gradualmente em uma mulher, eram raros traços de criança naquele rosto e principalmente no corpo, Adrian a desejava, o fruto proíbido e cativante.

Chegara ao seu destino, no interior reconhecera um vulto que no seu íntimo continuava a desejar, nem a sua amante de longa data conseguia apagá-la das suas memórias. Um sorriso surgira no seu belo rosto, iria unir o útil ao agradável.
Sentou se ao lado da sua sobrinha e o seu objeto de desejo carnal, esperando uma reação de Nicole…Supreendentemente, não havia resquícios de um olhar doce que esta oferecia-lhe outrora, apenas um olhar frio e irónico, ao longo da conversa percebeu se que finalmente Nicole tornava-se uma Casterwill.

Adrian levantou-se e sorriu, ao longo da sua vida um dos seus principais obstáculos era a sua madrasta, principalmente quando tentava influenciar nas decisões do clã ou arranjar um pretendente para o seu pequeno trunfo. Tomou a mão de Nicole e seguiu até ao altar com ela, observou as características daquele altar.


-Preocupada com a bastarda Nico?- Não esperava tal pedido ou talvez sim, Lilith provavelmente estava certa sobre Nicole.-Ela não devia sequer estar viva, posso oferecer-lhe uma morte indolor...

_________________
Lady_moon
“-Ela não devia sequer estar viva, posso oferecer-lhe uma morte indolor.”. A menção sobre a morte da bastarda, sangue do seu sangue inundara-lhe a mente repetidamente, choque e medo atravessara no seu intimo, sem qualquer motivo o instinto de proteção para com aquela bastarda retornara, e desta vez seria contra Adrian.

-Adrian...eu sempre tive uma fascinação por bastardos...isso explica o passado, não achas?-Inquiriu com ferocidade na voz, dando um olhar gelado ao Adrian.-Há 30 anos atrás, o meu avô devia ter vos aba….

Nicole não conseguira continuar, Adrian a pressionava o seu corpo contra a parede mais próxima, não a deixando respirar ou sequer pensar. Aquele olhar… o mesmo utilizado para os inimigos, Adrian agia como se Nicole fosse o seu inimigo, e pela primeira vez naquele encontro Nicole sentia-se insegura quanto ao seu destino, no entanto não era apenas o Adrian que agia de forma impulsiva.

-Don´t, just don´t.*-Nicole encarou Adrian, o corpo pressionado contra o seu exalava fúria em cada poro, ultrapassara os limites, mas não deixaria que o medo suprimisse a sua essência.

-I Will…*-Com dificuldade continua o seu discurso.-Ela tem o mesmo direito de viver, tu também és um bastardo, como possivelmente eu também o sou![/color][/b]-Murmurou baixinho e docemente.-Serias capaz de oferecer me a morte?


*my dear=minha querida; Don´t, just don´t=Não, simplesmente não; I will=Eu irei.
_________________

This character is INACTIVE.Please, do not sent any Pm.
Adrian.casterwill
Sempre fora capaz de controlar os seus instintos com Nicole e as suas respostas espertinhas, mas a ferocidade com que Nicole o retorquira, o fizera perder o controle das suas ações, a pressionara contra a parede, não a deixando terminar. O pequeno corpo tomava a concentração deste, ela não era mais a jovem precoce que deixara Inglaterra, no lugar da criança que vira crescer surgira uma mulher capaz de o enfrentar mesmo sabendo que o seu futuro é incerto naquele momento.

Adrian murmurava incoerentemente para que ela não continuasse, mesmo assim ela não o obedecera…


-Serias capaz de oferecer me a morte?

Adrian nunca fora um homem comum, o conceito de homem comum sempre fora bastante criticado, ele nunca tivera vontade de criar uma família ou apaixonar-se, a sua única paixão fora pelo poder e pela morte. Mas, naquele momento, naquele lugar, deixou-se levar pelos seus instintos e tomou os lábios de Nicole rudemente…

-Nicole…-Adrian beija-a de novo o nervosismo de Nicole o fez sorrir, apertara em sua mão a coxa da sua sobrinha por debaixo do vestido e sussurra cruelmente ao ouvido dela.-...sou o único que poderá retirar te a vida, visto que não pude ser eu a tornar te mulher…

_________________
Lady_moon
A atitude de Adrian fora inesperada, as feiçoes de Nicole demonstravam nervosismo,no entanto Nicole recordara as suas fugas para a capela ou para o labirinto criado nos jardins do castelo Casterwill, não relutara contra os beijos de Adrian ou se ele a tomasse naquele momento, as sensações que Adrian lhe oferecia nublava o seu discernimento.

-...sou o único que poderá retirar te a vida, visto que não pude ser eu a tornar te mulher…-A resposta de Adrian fizera com que o encanto daquele momento de luxuria desaparecesse, reunir a pouca força que tinha murmurou formalmente:

-Voltemos ao assunto principal que nos trouxe a este antro.-Nicole o empurrara levemente enquanto o olhava fixamente.- Eu preciso que cuide de Maria Madalena, tal como eu está fadada a um futuro incerto, sangue bastardo de ambos clãs corre nas veias dela, algo no comportamento dela me fez acreditar que existe a possibilidade de uma relação benéfica para ambas.

Adrian ficara em silêncio, observando o nada, enquanto Nicole sentara num dos degraus do altar enquanto esperava uma atitude do Adrian.

-You have my word, I will protect her but I need to see her and the Algrave´s girl.*

-I don´t need just words but actions Adrian, come with me…*

Numa atitude altiva, colocou a sua capa e deixando Adrian sozinho na Igreja.


-Tens minha palavra, eu irei protegê-la, mas eu preciso vê-la e a rapariga dos Algarve também.
-Eu não preciso de apenas palavras e sim ações Adrian, vem comigo …*

_________________

This character is INACTIVE.Please, do not sent any Pm.
Lady_moon
[Meados de Fevereiro de 1462]

Após o assassinato de Vaughn e de Monique por sua primogénita Nicole Casterwill, a relação da mesma com os Casterwill começava a dar os seus pequenos passos, a jovem tornara se responsável de alguns negócios familiares, apesar da evolução Nicole continuava a ser atacada por alguns membros do clã leais a Elisabeth, no entanto a maioria dos ataques eram protagonizados por os Russel.

Entre eventos, como cerimónias de inauguração, casamentos, a relação com a sua prima Beatrix e sua irmã Madalena evoluía, Nicole tinha um profundo sentimento de protecção, o mesmo sentimento piorara após a sua meia-irmã ser atacada por um dos seus clientes, Nicole convencera Adrian através de todas as suas armas, tais como, a diplomacia, a cabeça dos inimigos e por fim através luxuria vigiar a sua irmã através de alguns espiões a seu serviço.

Vários objectivos foram realizados,a legitimação de Madalena, o reconhecimento dos filhos mais novos do traidor de seu pai como membros do clã, o sangue do bastardo do João em suas mão e por fim a morte de um dos Azures mais importantes.

As recordações dos últimos meses deixavam Nicole nostálgica, conseguira convencer Juliana a ceder lhe o título de matriarca, unira se a vários inimigos do seu clã, para que pudesse atingir um dos seus maiores objectivos... voltar a Inglaterra, apesar das circunstancias.

Um pouco distante do porto de Alcácer, Nicole esperava que preparem se um dos navios do seu clã, que a levaria até a sua terra natal...

_________________

This character is INACTIVE.Please, do not sent any Pm.
Lady_moon
A aparência era importante para que os Casterwills pudessem iludir as sociedades, em uma tentativa de esconder a sua crueldade por debaixo de camadas de roupas e de boa educação, no entanto uma das poucas coisas que os Casterwill respeitavam era a sua hierarquia, a lady protector devia ser capaz de serpentear pelos diversos contextos, para isso devia comportar se com altivez e como uma dama inglesa. Os antepassados de Nicole decidiram implementar trajes próprios para a protetora do clã, o vestido pertencia a estilo medieval, longo e acinturado de tecido nobre, um brocado de vermelho e dourado, com magas justas e gola ligeiramente levantada, o cinto composto de várias peças de ouro filigranado, e por fim a uma tiara de oiro e pérolas.

Nicole observava a paisagem de Alcácer, até ser interrompida por um guarda.


-Milady...- Olhou para o guarda atentamente, esperando que continuasse.-Uma mensagem de Lorde Casterwill..

Aceitou a mensagem, o seu avô iria se atrasar, houvera um pequeno imprevisto, Nicole sabia o motivo para o atraso de seu avô, fora ela que planeara todos os detalhes para o concluir o objetivo do patriarca, não acreditava que o plano corresse mal.

Os guardas que sempre a protegeram durante a sua estadia em Portugal a rodeavam, protegendo a de possíveis ataques, apesar de acreditar veemente na veracidade das palavras do patriarca e do conselho, ainda desconfiava que aquilo fosse uma emboscada, não seria a primeira vez que a tentavam assassinar.

Alguns dias antes, deixara tudo preparado para a sua viagem, despedira se de Arnold e seus irmãos mais novos, não os queria ali, estavam em desvantagem numérica para os proteger aos três.

William mencionara uma espécie de presente para que pudesse despedir se da minha vida em Portugal, apesar de ser atiçada a sua curiosidade, Nicole demonstrou se apática perante aquela notícia.


_________________

This character is INACTIVE.Please, do not sent any Pm.
Beatrix_algrave


A carruagem seguiu rumo ao porto, levando Beatrix e Arnold. Dentro do coche havia um silêncio perturbador. Beatrix estava pensativa com a viagem de Nicole. A prima havia fornecido diversas pistas sobre sua partida, mas Beatrix as ignorara, pois não desejava crer que ela de fato as deixaria. Assim, ela fora de fato surpreendida por aquela notícia. As famosas surpresas Casterwill...

E quanto a Eduarda, apesar da guarda estar com Maria, ao menos por enquanto, seria melhor Eduarda ficar com ela. Era o mais seguro e apropriado. Ao menos por enquanto...

Beatrix sacudiu a cabeça, com esses pensamentos perturbando-a. Aconteceram tantas coisas nos últimos meses. A presença de Nicole havia simplesmente virado sua vida de cabeça para o ar, e ela não estava aborrecida. Apesar de tudo era grata por tudo e sentiria imensa falta da prima encrenqueira e tenebrosa.

Assim que chegou ao porto e a carruagem parou, ela desceu com a ajuda de Arnold. Então, Nicole reviu a prima Beatrix. Seus cabelos ruivos estavam mais longos e presos em uma trança, e ela usava um vestido verde com detalhes em branco e verde claro, e mangas rendadas, ela também usava uma capa nos mesmos tons. Seu rosto continuava jovem, mas a expressão era adulta, séria, preocupada.

_________________
Lady_moon
Nicole vislumbrou a Beatrix, apesar do choque de a ver por ali, manteve a postura altiva, não podia demonstrar qualquer tipo de fraqueza para os Casterwills.

Dirigiu se a um dos guardas.
-Traz os Nunes até aqui.-de seguida virou se para o segundo em comando da sua guardas.-Recordo de lhe ter dado ordens para que não deixasse os Nunes aparecer por cá.

Fechou os olhos por um segundo, e respirou fundo, teria de pensar em uma forma de obrigar Beatrix a voltar para a sua casa. Nicole evitou avisar a sua família materna da sua decisão de partir.
_________________

This character is INACTIVE.Please, do not sent any Pm.
Narrador..
Três dos guardas de Nicole foram ao encontro de Arnold e de Beatrix. Os três eram conhecidos de Arnold e o respeitavam.

-Lady Casterwill ordenou que vos escoltasse até ela.-Murmurou um dos guardas.-Senhorita Beatrix siga me por favor.

Enquanto os guardas encontraram Beatrix, os restantes que ficaram com Nicole, estavam atentos a qualquer deslize por parte de Beatrix e de Arnold.
Beatrix_algrave


Beatrix achou deveras estranha aquela recepção, ela estava mesmo surpreendida e não esperava aquele tratamento por parte de Nicole. No entanto ao notar que Arnold concordara com aquilo, ela não fez nenhum protesto e seguiu com a escolta.

A situação deveria ser delicada e exigir aquilo, ou Nicole não a submeteria a isso.

Só lamentou que Maria não estivesse ali para despedir-se da irmã. Será que ela ao menos sabia do que se passava?

Ao aproximar-se de Nicole, Beatrix abaixou o capuz e dirigiu-se a ela.

- Nicole, você pretendia mesmo partir sem nos despedirmos? Achou que eu não saberia?

Ela disse sem ousar se aproximar. Um abraço ali diante dos guardas Casterwill talvez não fosse bem aceito. Ela esperou a reação de Nicole e como ela se comportaria. Ao menos aquele desagradável do Adrian não estava ali.

_________________
Lady_moon
Nicole deu um olhar furtivo a Arnold, ignorando a pergunta de Beatrix, questionou Arnold:

-Eu avisei te que não queria nenhum de vocês por cá, Arnold.-Murmurou rispídamente.-Onde está a Eduarda?

-Ela deixei a com pessoas de confiança, está segura.

Nicole revirou os olhos para a resposta de Arnold.

-Neste momento, não existe nenhum lugar seguro.-Finalmente dirigiu se para a sua prima, apesar de lhe custar um pouco de tratá los daquela forma, teria de o fazer poderiam estar a ser vigiados.-Muito menos para ti Beatrix, não é um bom lugar para Nunes neste momento.

Suspirou, e murmurou mais calma.

-Esperava que só descobrisses quando a frota desembarcasse, como podes ver, os Casterwills decidiram escoltar me em força.

_________________

This character is INACTIVE.Please, do not sent any Pm.
Beatrix_algrave


- Como se você pudesse dizer o que é bom para mim. Depois de tanto tempo ainda não entendeu que não recebo ordens, nem dos Nunes nem dos Casterwill?

Beatrix disse e olhou a sua volta, medindo a presença dos guardas que escoltavam Nicole.

- Não creio que seja à força, mas creio que seja necessário. Se é o que quer eu respeitarei, Lady Casterwill. É assim então que nos despedimos?

Ela perguntou, e olhou Nicole nos olhos.

_________________
Lady_moon
-Precauções não são ordens Beatrix.-Nicole suspirou exasperadamente com o que Beatrix disse.- Fiquem a uma distância razoável, preciso de conversar com os Nunes, não deixem ninguém passar, nem mesmo o Adrian, apenas o Lorde.

Os seus guardas obedeceram, com a promessa que Arnold cuidaria da sua segurança de perto, eles ficaram a alguns metros de Nicole e da sua companhia.

-Eu não posso demonstrar qualquer fraqueza, isso incluí não despedir me de vocês.Prefiro que vocês fiquem furiosas comigo, do que virem a ser assassinadas.-Olhou atentamente para a sua prima, demonstrando a sua tristeza por ter de abandonar o que fora a sua segunda oportunidade de ter uma família.-Eu pedi a um dos nossos primos para vir ter ao porto para que depois vos pudesse deixar uma mensagem.

Nicole fez uma breve pausa, em um tom mais pacífico, murmurou:

-Não voltes a chamar me Lady Casterwill, só se aparecer algum Casterwill.
_________________

This character is INACTIVE.Please, do not sent any Pm.
Beatrix_algrave


Beatrix esperou que os guardas se afastassem um pouco para retomar a conversa com Nicole.

- Está bem, Nicole. Não nego que estou triste. Primeiro por você partir sem avisar, segundo, por que não sei se algum dia vou vê-la novamente. Apesar de tudo que passamos você é minha família também. Não culpe ao senhor Arnold, eu que insisti.

Ela suspira.

- Eu te perguntava quando esse pesadelo ia acabar, agora sei o preço que vais ter que pagar, e é muito alto, mas não deixaria de vir aqui te ver por nada. Tome cuidado, e se for possível, mande notícias.

Ela disse e se despediu, mesmo a distância, contendo o abraço que ela sabia que não poderia dar.

_________________
See the RP information <<   1, 2, 3, 4, 5, 6   >   >>
Copyright © JDWorks, Corbeaunoir & Elissa Ka | Update notes | Support us | 2008 - 2020
Special thanks to our amazing translators : Dunpeal (EN, PT), Eriti (IT), Azureus (FI)