Afficher le menu
Information and comments (0)
<<   <   1, 2, 3, 4, 5, 6   >>

[Cerimônias Reais] Coroação de Sua Majestade Eduardo I

Vicenzo


Aquela era a última investidura daquele dia, assim com o juramento professado e respondido, chegava nos momentos finais aquela cerimônia e a Viscondessa de Milagres recebia seu título em pleno direito. Pela última vez Vicenzo, seguido do arauto carregando a bandeja, se aproxima e diz:

Viscondessa de Milagres, todos somos testemunhas de teus votos e juramento, e somos a prova de sua investidura. Aqui estão os títulos de tuas terras, - ele disse entregando o último documento lacrado. - o vosso selo - ele agora entregava a pequena caixa de madeira, aberta, revelando um sinete com a marca do viscondado. - e as vossas armas. - ele concluiu entregando o objeto retangular, um escudo finamente trabalhado exibia as armas do nobre suportadas por dois corvos ônix negro e prata.



- Orgulha-te delas e sirva bem ao reino. - ele concluiu entregando a última peça e se afastando.

Assim concluia aquela cerimônia de investidura, a última que haveria naquele modelo, as próximas seriam diferentes. Tinha inicio um novo tempo para os nobres portugueses.

_________________
Adonnis
As investiduras haviam terminado e, consequentemente, a cerimônia daquela tarde havia chegado ao fim.

Adonnis estava ansioso por ir aos aposentos do Monarca e verificar o estado de saúde do Rei.

Quando Donnatela retornou ao seu local, o Príncipe-Regente levantou-se do cadeirão e falou ao povo:


Chegamos ao final dos eventos de hoje. Após a coroação do Monarca de Portugal, tivemos a investidura dos novos nobres feudais que integrarão o Pariato Lusófono.

Em nome de Sua Majestade El Rei, agradeço a presença de todos os presentes, incluindo os delegatários dos vários Reinos da Europa, à quem, em nome de El Rei, estendo o convite para permanência em nosso Reino pelos próximos dias, ocasião em que poderemos manter e estabilizar os laços de amizade entre nossos Povos.

Um muito obrigado à todos!


Em seguida, o Príncipe-Regente, acompanhado do Corregedor-Mor de Sua Majestade, caminhou, escoltados por membros da Guarda Real, para o interior do Palácio Real.
_________________

It's just a game!
See the RP information <<   <   1, 2, 3, 4, 5, 6   >>
Copyright © JDWorks, Corbeaunoir & Elissa Ka | Update notes | Support us | 2008 - 2022
Special thanks to our amazing translators : Dunpeal (EN, PT), Eriti (IT), Azureus (FI)